quarta-feira, 19 de abril de 2017

Juntas Soltas: Super Build Tiger

No começo dos anos 90, a decadência da linha Transformers levou a Takara a abandoná-la em prol de uma nova série de robôs transformáveis: Yuusha (ou "Brave"). Com designs do renomado Kunio Okawara e animação pela Nippon Sunrise - ambos envolvidos na maxi-série Gundam - a série irmã de Transformers desempenhou no Japão o mesmo papel que G2 desempenhou no ocidente: desenvolver novos conceitos de brinquedos. Com uma ênfase muito maior em Combiners, Yuusha aperfeiçoou vários dos conceitos de combinação estabelecidos em Transformers Victory, além de dar origem a vários outros - posteriormente utilizados em Transformers. Essa relação indireta com Transformers deu origem a ideia erronea porem recorrente de que eles tenham sido remoldados e relançados como Transformers - quando o oposto é verdade: vários Braves são reaproveitamentos de conceitos não utilizados, e o infame Deathgarrygun de Brave of Gold Goldran é um redeco simples do transformer Sky Garry enquanto o Thunder Dagwon de Brave Command Dagwon é um retool de Galaxy Shuttle de Transformers Victory.

É dessa era dos robôs transformáveis que vem nosso alvo do dia, Super Build Tiger, da quinta série Yuusha, Brave Police J-Decker. Com um tom mais leve do que sua antecessora, The Brave Express Might Gaine, J-Decker focava nas desventuras do departamento de polícia da cidade de Nagamari e seu jovem "Chefe", Yuuta Tomonaga no comando dos bravos robôs da Brave Police. A segunda unidade da Brave Police a ser introduzida na série, o Build Team forma o obrigatório grupo secundário de combinadores de qualquer série da franquia, o eterno apoio para o robô principal e seu parceiro de upgrade. Então, vamos por partes, ok?

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Juntas Soltas: Prime First Edition Bulkhead

Um bocado de tempo atrás, eu falei do Bulkhead da linha Animated. Lançado em 2008, o gordinho verde foi um dos personagens mais marcantes da série animada - e um dos poucos personagens da série que não era baseado em um personagem pré-existente. Sim, o nome Bulkhead já tinha sido usado em Energon, mas aquele Bulkhead estava mais para uma fusão de Springer, Kup e Mestre Splinter. 

Animated se foi, mas Bulkhead ficou. Veio Prime, a série animada que sucedeu Animated - um estranho híbrido de filme e Animated, em termos estéticos - e a Hasbro reconstruiu Bulkhead, novamente servindo como o "Grandalhão" dos Autobots.

Como quase tudo em Prime era mais sombrio, esse Bulkhead não era mais o gigante gentil de Animated: um ex-integrante dos Wreckers, o Bulkhead de Prime era gentil e cheio de compaixão com seus amigos, temia ferir criaturas menores que ele - e era propenso a feitos extremos de violência contra seus inimigos, não demonstrando nem um pingo daquela compaixão e empatia ao lidar com os Decepticons ou com "valentões", carregando uma boa dose de traumas da guerra.

Mas estamos aqui para falar de brinquedos, não de narrativa.

quinta-feira, 30 de março de 2017

Juntas Soltas: Energon Demolishor

Saindo de Dinobots não oficiais e de figuras relativamente recentes, que tal viajarmos para o distante ano de 2004, no auge da chamada trilogia do Unicron, a última grande parceria entre Hasbro e Takara para criar ficção de transformers?

Lançado em 2002 na linha Armada e na linha Micron Densetsu (sob o nome Ironhide), Demolishor era o apatetado braço-direito do líder Decepticon Megatron. Dublado por Alvin Sanders, Demolishor estava entre os personagens mais desenvolvidos de Armada - o que não quer dizer muito, a não ser que seu nome seja Starscream

O boneco foi relançado em 2004 como parte das linhas Superlink e Energon (na qual foi um exclusivo da rede KB Stores) com seu novo esquema de cor para a segunda série da trilogia, antes de ser reformatado como um caminhão de entulho e perder o que lhe restava de inteligência. 

terça-feira, 28 de março de 2017

Juntas Soltas: Jin Jiang Toys Hao Hou + Ares

Finalmente, o fim dos Dinobots da Jin Jiang Toys. Homenageando o eternamente mau humorado Snarl, o último componente da equipe foi lançado originalmente com o nome Jian Long ("Dragão de Espada", ou "Estegossauro") antes de ser repintado perto do lançamento de Age of Extinction sob o nome Hao Hou ("Rugido Uivante"). 

Assim como seu colega Kuang Lei, o esquema de cores usado pela empresa não foi bem o do personagem homenageado: enquanto Snarl foi lançado em AoE em uma mistura peculiar de verde-abacate, Hao Hou adota o padrão de cores de outro dinobot da linha dos filmes, o Spinosaurus aegyptiacus Scorn

Junto com Hao Hou, vamos dar uma olhada na forma combinada da equipe - sobre a qual há muito pouco para ser dito. Então... vamos lá de uma vez, já que esse cara - por MUITOS motivos - faz de mim um Snarl. 

quarta-feira, 22 de março de 2017

Juntas Soltas: Jin Jiang Kuang Lei

Chegando ao fim do quinteto de não-dinobots da Jin Jiang Toys com o membro mais fora de escala da equipe, Kuang Lei ("Snapdragon"), a segunda versão da empresa para o dinobot Sludge, o membro aparvalhado em uma equipe de idiotas. 

Até aqui a linha da Jin Jiang foi uma coleção de boas ideias mal implementadas, estragadas por problemas de controle de qualidade e cortes de orçamento inexplicaveis. Membros frouxos, pintura falha e peças que não fazem bem o que deviam marcaram a linha da cabeça aos pés. 

Buscando vendas da linha de Age of Extinction, a empresa repintou seu lançamento anterior, Lei Long ("Dragão Trovejante", ou "Apatosauro") nas cores do dinobot... Slash? O que levou a Jin Jiang a repintar o sauropode como o dromeossauro da Hasbro, nunca saberemos. 

E agora que entramos nos seus pés, há de se ver se as coisas mudaram com o sauropode da equipe... ou se teremos mais uma figura quase boa.

Spencer, meus parabéns: você ACABOU com o Capitão América

Quando eu achava que as coisas não podiam ficar piores... Nick Spencer vai e mete mais um retcon na história do Capitão América: que a versão do herói que foi alterada por um cubo cósmico era a versão HERÓICA e que o que o Caveira Vermelha fez com ajuda do cubo senciente Kobik foi desfazer as alterações feitas por um cubo cósmico durante a segunda guerra mundial - cubo cósmico usado para impedir que Adolph Hitler vencesse a guerra (como fica aquele papo que "A Hydra não é nazista" mesmo?).

Como se já não bastasse a cena (desnecessária e insultosa) de Rogers dizendo a um Tony Stark em coma que "tudo que viria era para destruir tudo aquilo que ele fez".


Ao longo dos anos, a Marvel fez muita coisa idiota com seus personagens. Criou meia dúzia de Hulks diferentes, fez o Coisa usar uma máscara de Bobba Fett barata, revelou que o Homem de Ferro era um super vilão e depois desfez isso transformando ele em um adolescente. Criou o imenso imbróglio que foi a Saga do Clone, toda a confusão que são os quadrinhos dos X-Men, forçou todos os seus heróis em armaduras HARDCOREEEEEE nos anos 90, encalhou seus personagens em mega-eventos sem pé nem cabeça pelas duas décadas do século XXI e nem vamos tocar no fiasco de One More Day.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Juntas soltas: Makai Kadö GARO

Normalmente, minhas reviews de brinquedos focam na linha-mor da minha coleção - Transformers. Mas desta vez temos uma exceção - que foi vista no velho Juntas Soltas, em vídeo, que nunca mais será visto. Falo aqui de uma figura de um Tokusatsu, um seriado de "super-heróis" japonês, no caso 牙狼 (GARO), uma série do gênero feita para o público adulto em 2005. Exibida pela TV Tokyo durante as madrugadas.

Com intermináveis spin-offs desde então, a série original focava na vida de Kouga Saezima, o epônimo cavaleiro dourado GARO, um dos cavaleiros do Makai encarregados de combater monstros chamados Horrores. A série se destacava pelo roteiro mais maduro e dramático e pelo figurino mais complexo que a média para séries do gênero. 

Lançado em 2011 pela Bandai como o primeiro lançamento da linha Makai Kadö, esta figura do cavaleiro dourado tenta capturar todos os detalhes da armadura usada na série - ao contrário do seu  primeiro lançamento na linha S.H. Figuarts, que simplificou o design para viabilizar a articulação - reaproveitando e aprimorando o primeiro lançamento do personagem na linha Equip and Prop, de 2006.